Posts Recentes

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O Novo

Me aventurando na aquarela, hahaha. Mudar um pouco o astral dos posts e trazer mais um pouco de mim.
Tem coisa que mais assustadora na vida do que o desconhecido? Todo mundo fica com medo de mudar de cidade, escola, do primeiro dia na faculdade, do primeiro encontro... Falo isso porque mudei de cidade 2 vezes, morei em 4 casas diferentes e com pessoas diferentes, mudei de escola 3 vezes e já tive meu primeiro dia na faculdade.

E comigo não foi diferente, tive muito medo de tudo, parecia um gatinho assustado e algumas dessas mudanças fizeram bem, outras nem tanto, mas o caso é que temos sempre que nos arriscar.

Os medos mudam de acordo com as fases da vida, hoje meus medos são diferentes daqueles de quando eu tinha 10 anos, estou na reta final da faculdade, vai vir TCC, formatura... E depois? O que será que vai acontecer com a gente? Será que vou conseguir alcançar minhas metas? Vai ser tudo como eu imaginei? Não, nunca é! Isso é uma constante na minha vida (histórias para outra hora).

Acontece é que a gente não pode perder a cabeça e nem rumo, desanimar é normal, mas desistir? Tratamos de puxar uma força aí e vamos adiante.

O novo sempre carrega “mudança” junto, e mesmo que dê medo é sempre bom inovar, mesmice é chato! Esse semestre, por exemplo, resolvi fazer algo diferente de todos os outros 6, escolhi o 7º, o número sagrado para inovar. Ao começar por incluir na minha grade uma matéria que não pertence ao meu curso. Não, não sou louca, vai valer como atividade complementar também, além disso, eu precisava desse novo, precisava me movimentar, frequentar novos ambientes e conhecer outras pessoas.

E lá fui eu, procurar entre as matérias do curso de Ed. Física (eu faço enfermagem, para quem não sabe) algo que encaixasse na minha grade. Primeiramente tentei dança, não dava, natação e hidroginástica, também não, handebol, graças a Deus não deu, onde eu estava com a cabeça? Movimentar-me tudo bem, mas também não vamos exagerar.

E foi aí que me deparei com uma tal de “Rítmica Gestual”, corri para o Sr. Google e não havia nenhuma informação precisa, mas vi uns vídeos no YouTube de uma galera dançando e tal. Fiquei naquela de vai mais não vai, será, será (né mozi?rsrs), mas fui, me joguei e seja o que Deus quiser.

E não é que acertei? A aula me relaxa, distrai e ainda me divirte. A matéria trabalha com os movimentos do corpo, com gestos, seguindo uma batida, um ritmo ou apenas em silêncio para se comunicar, e estou adorando essa mudança.

Às vezes o novo pode ser uma merda (ooh! Eu que o diga!), mas outras vezes pode mostrar novas possibilidades, caminhos e alegrias.
Tudo bem ficar com medo, o importante é não desistir, não ficar no cotidiano, ter coragem, esperança e principalmente .

Levando o “bom” com gostinho de um novo amor, dando carinhosos choques de adrenalina no peito. 
Se copiar já sabe né? Credita ;)
Beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Seu comentário é muito importante para nós.
Volte sempre :)

© Mero Detalhe - 2013. Todos os direitos reservados.
Design by: Colorize Desin .
Tecnologia do Blogger .