Posts Recentes

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Resenha Mosquitolânida


E aí, meus amores como vocês estão? Preciso confessar um a coisa a vocês, cada escolha de livro é uma aventura interessante e observando as resenhas anteriores eu senti a necessidade de fazer uma resenha de um livro novo. Fiz algumas aquisições de livros publicados em 2015 e está na hora de usar :p


Bem, o livro da semana me intrigou primeiramente pelo seu título, se tem uma coisa que eu amo ligar nessa vida é a história do livro com o seu título, um quebra-cabeça de duas peças perfeitas. O famoso livro da semana é Mosquitolândia, primeiro livro do autor David Arnold... Pensei comigo, por que Mosquitolândia? Qual o sentido disso? Primeiramente me intrigou, mas depois eu desencanei, queria ter deixado pra lá, mas seria uma merda enorme se eu fizesse. Em uma dessas promoções maravilhosas comprei essa preciosidade.

Em Mosquitolândia, você irá conhecer a história de Mary Iris Malone ou Mim Malone, como ela prefere ser chamada. Mim tem 16 anos e de repente viu sua vida mudar de uma forma absurda. Além dos seus problemas de saúde e aqueles problemas que nos acompanham quando somos adolescentes, os pais de Mim, Barry e Eve depois de muito tempo de convivência resolvem se divorciar.

“Sou uma coleção de esquisitices, um circo de neurônios e elétrons: meu coração é o dono do circo; minha ala, o trapezista, e o mundo, minha plateia. Parece estranho porque é estranho, e é estranho porque eu sou estranha”. - Mim Malone

Quem já passou por isso na vida, sabe quão merda este momento pode ser. Pra piorar a situação seu pai conhece Kathy com quem se casa assim que o divórcio sai, mas isso não é tudo. Do nada seu pai decide que é hora de se mudar e recomeçar. Mim então deixa sua mãe e a cidade de Ashland para trás e vai morar com seu pai e sua madrasta em Jackson, Mississippi.

Além da mudança de endereço, Mim não consegue mais se comunicar com sua mãe. O telefone dela não funciona mais, não recebe mais nenhuma carta dela... Em um dia na escola, Mim ouve seu nome sendo pronunciado no auto-falante e pedindo pra comparecer a diretoria. Não resta muita coisa a não ser ir pra diretoria, no fundo ela sabia que era pra falar do seu comportamento displicente e faltante na escola. Antes que adentrasse na sala do diretor ela ouviu vozes conhecidas, sua madrasta e o seu pai tentavam convencer que é apenas uma fase que Mim está passando e falam algo referente a sua mãe que se encontra doente.

É nessa hora que o mundo de Mim definitivamente cai. Sua mãe está doente e ela nem ao menos sabe disso, uma raiva te consome e a primeira coisa que ela faz é sair dali e ir direto pra casa. Quando chega lá ela decreta uma missão para si mesma, visitar sua mãe. Arruma uma mochila com algumas peças de roupa, seu diário e leva consigo uma lata de café onde sua madrasta guarda o dinheiro que contém um pouco mais que 800 dólares. Nesta lata de café não continha dinheiro como também cartas de sua mãe para sua madrasta e ela descobre que a mãe esta em Cleveland, que fica uma hora de distância de Ashland e decide ir até lá de ônibus.

Assim que Mim entra ônibus sua aventura de fato começa e sua missão poderá ser mais divertida e com mais desvios que ela poderia imaginar. São muitas pessoas incríveis que Mim conhece, vocês irão adorar Arlene, Walt e Beck. Pessoas estranhas, mas que farão toda a diferença na vida dela. Além do livro ser narrado por ela, as passagens que ela descreve no diário são maravilhosas e esclarecedoras.

“Escrever meio que... amarra as pontas soltas do meu cérebro, sabe? [...] De todo jeito, você devia escrever. É melhor que sucumbir à loucura do mundo.[...] E é mais barato que tomar remédios.” - Tia Isabel

Uma das coisas que eu mais gostei no livro foi a evolução da personagem. Às vezes julgamos certas atitudes baseadas na primeira impressão e é aí que a gente se ferra. Eu sei que muitas vezes não é tão fácil assim, certas atitudes te magoam, você acaba não pensando e revida com a mais embutida raiva que toma conta do seu ser. Às vezes achamos que o mundo só gira ao redor do nosso umbigo, que nossos problemas são catastróficos e acabamos sucumbindo e mergulhando neles e dando mais importância do que eles merecem. Este livro é um ótimo guia para uma auto-reflexão e que de vez em quando precisamos nos perder para nos achar. A vida é isso, um presente agarre-se a ela e faça valer à pena!

 “Abra os olhos e encare o mundo sem medo” - Provérbio Cherokee da Eve.

Amorecos, este livro é valioso demais. 

Espero que gostem e sintam vontade de ler.

Uma excelente e proveitosa leitura a todos ;)


Beijos da Jel :*

10 comentários:

  1. Ainda não tinha lido uma resenha como essa, sério! Fiquei com vontade de ler... Eu sempre vejo esse livro e fico tentada pela capa, ela nem tem nada demais, mas achei ela linda hahahahahaha..

    Adorei a sua resenha *_*
    E acho que ainda não resenhei nada de 2015 no blog ainda hauhaiuhauiha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiiiin Clayci, muito obrigada. Fico radiante quando gostam das minhas resenhas *-*. Comprei e não me arrependi... ele é todo muito lindo.
      Eu já tô catando alguma coisa de 2016 ahahahahahha
      Adorei teu blog.
      Obrigada pelo seu comentário :)

      Excluir
  2. Parece bom, gosto de livros que se passam na adolescência dos personagens. :)
    xoxo
    mutant-paradise.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sophia, é maravilhoso :D
      Espero que você goste.
      Obrigada pelo seu comentário :)

      Excluir
  3. Esse livro tá na minha lista!!
    Sua resenha só me deixou mais ansiosa para lê-lo!!
    Adorei!!!

    Amei seu blog, flor.
    Tô te seguindo *.*

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiiiiinnnn, que bom Thay! Você vai amar *-*.
      Adorei teu blog. Obrigada por seguir...
      Obrigada pelo seu comentário :)

      Excluir
  4. Oi Jéssica! Acho a capa desse livro puro amor, e assim como você, também fiquei intrigada com o título do livro. Depois dessa resenha, na qual pude conhecer bastante da história de "Mosquitolândia", fiquei ainda mais curiosa. Quero poder conhecer logo logo a história da Mim! Amei a postagem. <3 Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathália, que bom que despertou sua curiosidade *-*. Você vai amar <3. Mim é maravilhosa :D
      Adorei teu blog
      Obrigada pelo seu comentário :)

      Excluir
  5. Não conhecia mesmo e pelo nome achei que fosse bobeira mas me enganei hehe Parece ser bem divertido e bom, fiquei curiosa!
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Eduarda, adorei que despertou tua curiosidade! Espero que você leia e adore.
      Adorei teu blog
      Obrigada pelo seu comentário :D

      Excluir

Obrigada por comentar! Seu comentário é muito importante para nós.
Volte sempre :)

© Mero Detalhe - 2013. Todos os direitos reservados.
Design by: Colorize Desin .
Tecnologia do Blogger .