Posts Recentes

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Crítica do Filme Creed: Nascido para lutar

Olá pessoas! Sentiram falta das críticas aqui no blog? Pois hoje nós voltamos com tudo, como um cruzado veloz na face. Pegue o seu protetor bucal, coloque as suas luvas e se prepare para adentrar no ringue da vida, pois hoje a crítica é de um filme que promete te levar a nocaute.



Creed: Nascido para lutar, conta a história de Adônis (Michael B. Jordan, mostrando para o que veio), um jovem que passou por poucas e boas na sua infância até descobrir que ele é o filho do grande campeão mundial de boxe, e já falecido, Apollo Creed. Adônis cresce com a necessidade de sair da sombra que o nome do seu pai cria, treinando do jeito que pode para que possa criar o seu próprio legado, e não somente se aproveitar de um sobrenome, pois, afinal, de que vale o sobrenome se ele não puder responder à altura?

Nesta busca por um treinador que o coloque no caminho mais correto do aprendizado do boxe, ele acaba se encontrando com o orgulho da Filadélfia, Rocky Balboa (Sylvester Stallone), antigo amigo do seu pai, e eterna lenda do boxe mundial, que passa a treiná-lo para derrotar o seu maior oponente, não qualquer lutador, mas a si mesmo, seus próprios medos e inseguranças.


Escrito e dirigido por Ryan Coogler, o filme segue a mesma ideia que Star Wars: o despertar da força quis trazer, já que desde o seu título, até o desenvolvimento da trama, pode-se perceber que se trata de um remake do primeiro Rocky, com uma nova abordagem para o público atual, misturando os personagens novos com aqueles já conhecidos, como o próprio “Garanhão italiano”, trazendo assim também uma renovação à saga do boxeador (e possivelmente uma nova série de filmes com o novo personagem). 

Assim como no filme de uma galáxia muito, muito distante, Creed consegue esquentar os corações dos fãs mais antigos e fanáticos como eu, entregando uma trama extremamente envolvente e emocionante (eu pude presenciar vários gritos de incentivo ao personagem, assim como palmas e até socos no ar na sessão em que estava). Fica bem claro que não é mais um filme de Rocky Balboa, a história é passada para frente.

É muito interessante observar como o diretor brinca muito com a trilha sonora original dos filmes Rocky, fazendo com que a mesma vá alcançando novas notas na medida em que o próprio Adônis, lutador amador, cresce nos ringues (é de arrepiar, sério.). Chama também atenção à escolha de Coogler no seu estilo de filmagem durante as lutas, alternando entre as costas dos lutadores, fazendo com que os socos pareçam cada vez mais reais e poderosos, tornando-o bastante imersivo. Lembro-me em particular de uma luta inteira em plano sequência que começa a te envolver em cada round que se passa, devido ao nível de apreensão.


Em suma, Creed me pareceu como um bastão passado com perfeição de um Rocky já destruído pela sua solidão e estilo de vida anterior, perdendo aos poucos a única luta que ele não pode ganhar, a luta contra o tempo, que é implacável para qualquer ser humano, para Adônis, que ainda tem muito a oferecer nessa renovação deste estilo de filme, que possuindo ou não continuação, já cumpriu o seu papel muito bem. A atuação dos dois vale já ingresso comprado, o que justifica, e muito, o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante para o velho Sly, e a sua posterior indicação ao Oscar. Dos filmes que já estrearam este ano, com certeza é um must-see, seja você fã do personagem, ou simplesmente se você gosta de um bom filme de superação. 

Assista ao Trailer:


Um beijo na sua alma e até a próxima.

Um comentário:

  1. Eu acho que é uma história muito apropriado, eu cresci com eles, tem um dos melhores discursos que eu vi, muito reconhecimento de tudo uma história de sucesso, ganhou, fala-aperfeiçoamento, o conhecimento de nós, os sonhos que podemos alcançar, acho que em Creed Nascido para lutar o drama é bem dosado com uma história de amor que experiente muito bem ver o Sr. Stallone é a alma da sequela é uma jóia, eu estava à beira das lágrimas de tanta nostalgia.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Seu comentário é muito importante para nós.
Volte sempre :)

© Mero Detalhe - 2013. Todos os direitos reservados.
Design by: Colorize Desin .
Tecnologia do Blogger .