Posts Recentes

segunda-feira, 28 de março de 2016

Onde foi parar a menina - Caso em aberto- Especulações.



Ps. Solta o play e leia ouvindo a musiquinha :3

Onde foi parar aquela menina que colocava todos os seus sentimentos numa folha de papel? Será que agora ela não sente mais nada ou será que brigou com a caneta e o papel? Ou talvez possa ser, também, que o que ela sente ficou sério demais para as letras e os parágrafos. Mas não posso deixar de sentir saudade de toda aquela poesia das linhas, de como uma imagem se tornava uma história, que tudo tinha um cheiro de sentimento fresco.

Possa ser que essa menina não seja mais uma menina, e que a vida tenha sido um pouco louca para ela, e ela simplesmente não tenha tido tempo de contar para aquele pedaço de papel o quanto perdida está.

Se essa menina se tornou mulher também não há de ter problema, ela pode florescer mais uma ou outras tantas vezes. Talvez ela apenas ache que não há mais nada de bonito a transmitir. Talvez ela tenha se tornado mais forte ainda, mesmo que a cada dia sinta-se mais fraca. Talvez ela esteja enxergando demais o problema e está deixando de reparar a colcha de retalhos e detalhes da vida, e por isso acha que não sente mais nada.

Talvez menina-mulher, você esteja perdida, por hora, mas nada te impede de se encontrar. Talvez você esteja sendo durona demais e queira mostrar que está tudo sólido, quando muitas vezes o seu interior está desmoronando. Talvez você tenha se esquecido do prazer em contar nos versos o que se escondem junto ao que você deveria se permitir sentir. Só talvez... Especulações de um caso de desaparecimento.

Vou te dizer que essa história de reprimir poesia não faz bem ao espírito, e você já esteja sofrendo com os danos e precise de tratamento imediato. Pobre menina, talvez você só esteja com medo de aparecer, quem sabe?

Onde foi parar aquela menina? Talvez ela tenha estado esse tempo todo aqui.


Olá Pessoal! Tudo lindo por aí? Hoje trouxe um post diferente não é mesmo? Acontece que antes aqui no blog eu postava textos meus, mas como vocês podem perceber eles pararam de serem vistos por aqui, pois um dia percebi que eu não conseguia mais escrever, seja lá devido a uma crise criativa ou qualquer outra coisa, mas uma madrugada dessas saiu esse texto e eu fiquei muito feliz com isso e resolvi compartilhar com vocês leitores queridos. Espero que gostem e vou adorar saber o que acharam :).


Beijinhos e até a próxima.

4 comentários:

  1. Nossa, eu compartilho tanto do sentimento transbordado neste texto. Essa semana peguei o meu antigo tumblr (que gerou o nome do blog, inclusive!) e comecei a reler meus antigos textos. Era tão pessoal. Ótimos, modéstia a parte! E muito, muito pessoais. E eu percebi que perdi um pouco essa habilidade. Já não sou mais tão introspectiva ou paro parar falar comigo mesma, assim. E isso é ruim...

    Não deixe de ser aquela menina, Carla. Eu também tentarei nunca deixar de ser - mas, antes, preciso retomá-la, rs.

    Um beijo <3
    www.saborabsinto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Vanessa!
      Obrigada!! Foi a mesma coisa que aconteceu, eu parei para ler os textos antigos e fiquei meia boba porque eu não escrevia mais!
      Mas não vamos deixar de ser aquelas meninas não! Retome sim!
      Beijos ^^

      Excluir
  2. Quero mais madrugadas assim!
    Seus textos são maravilhosos, mas entendo.
    Há momentos que surge um bloqueio, um problema, uma desmotivação, falta de tempo enfim.. fico feliz porque saiu esse texto e adorei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Clayci!
      Poxa Obrigada! Você e a Vanessa aí em cima não sabem quanto me fizeram bem com esses comentários <3
      Estou exercitando mais esse lado, espere que seja lá o que me impede vá embora logo!
      Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar! Seu comentário é muito importante para nós.
Volte sempre :)

© Mero Detalhe - 2013. Todos os direitos reservados.
Design by: Colorize Desin .
Tecnologia do Blogger .