Posts Recentes

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Crítica – Mogli: O Menino Lobo.

E aí pessoal que acompanha esse blog lindo! Tudo bem por aí? Por aqui tá meio cansativo, tempo tá curto, mas eu resolvi tentar escrever essa crítica por se tratar de um filme que vale muito a pena assistir. Hoje a crítica tem aquele tom bem nostálgico, que vai buscar a sua criança interior (se você nasceu pelo menos nos anos 90, alcançou boa parte das animações).

Que a Disney sempre conseguiu nos apresentar animações de qualidade ao longo dos anos, todos podem concordar. Mas que a sua nova linha de produção de live-actions destes filmes antes tão consagrados pode causar certa estranheza no público mais velho, não chega a ser tão certo assim. Num misto de nostalgia e perplexidade com uma pitada de “pé atrás”, pouco a pouco o público que acompanhou a evolução do estúdio pelas suas animações vai recebendo estes mesmos filmes de volta, mas com uma nova roupagem, com uma qualidade técnica diferenciada.


É assim que neste mês recebemos de volta o querido Mogli: O Menino Lobo (The Jungle book), um filme que, como muitas animações da Disney, possuía diversos personagens carismáticos, músicas que não saem da sua cabeça e resoluções com uma moral, para que os mais jovens pudessem aprender. Eis a minha surpresa quando todos estes elementos que foram citados foram reforçados neste live-action, trazendo não só ótimas dublagens (eu assisti legendado, afinal, temos as vozes das deusas Scarlett Johansson e Lupita Nyong’o no elenco) como também um cenário maravilhoso criado em computação gráfica que espanta com o realismo, seja com os animais e as suas interações com o garoto, seja com a selva em si, viva e atuante.

Para você que ainda não conhece a história, Mogli (Neel Sethi) é um garoto que é encontrado na selva pela pantera gentil, Bagheera (Ben Kingsley) que o leva até uma alcateia de lobos, que por sua vez cria o bebê humano como se fosse um deles. O garoto cresce e passa a viver na selva como se fosse a sua casa, mas a partir de um desentendimento com um certo tigre, Shere Khan (Idris Elba), ele começa a se questionar e ser questionado sobre seguir o seu próprio destino com a sua espécie. Todos os animais da selva parecem reais, vivos. Do pequeno lobo até o enorme elefante, todos são expostos com vida em todas as cenas, fazendo o público não se importar com o CGI.


O filme retrata muito bem como você deve se encaixar no grupo que imagina pertencer, e não aquele que lhe é imposto, regrado por um ou outro que te julga errado. Além de ser nostálgico, seguindo a linha dos reboots e remakes atuais, Mogli consegue ser atrativo tanto para o público que já conhece os seus personagens como o divertido urso Balu (Bill Murray), como para a nova geração, que passa a conhecer toda a história do “Livro da Selva”, unindo cenas de ação incríveis com um ritmo controlado.

Sendo assim, pode se dizer que Mogli é um filme para toda a família, podendo agradar desde os mais novos, aos mais velhos como eu que não deixam de acompanhar uma boa animação. Quando se trata de Disney, afinal, é muito difícil se errar num roteiro tão simples, mas que possui uma profundidade diferenciada. 

Assista ao trailer:


Um beijo na sua alma.

4 comentários:

  1. Oi Pedro! Nossa esse filme me lembra coisas boas. Eu fiquei meio com o pé atrás para ver essa nova versão mas tenho visto muitos elogios mesmo. Acho que vale a pena arriscar. Como vc citou, um filme pra toda família, minha filha não conhece a versão original e talvez acho que nem se interessaria devido a imagem srsrsr mas essa seria uma oportunidade ótima para apresentar a ela essa linda história! - tirando a parte que ctz ela ficará cantando as músicas na minha cabeça a semana toda depois srsrsr - Beijos!

    www.metamorphya.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruna! Pode levar a sua filha para assistir sem medo! Vocês duas vão adorar! E as musiquinhas realmente ficam na cabeça, hahahahahahhahaha.
      Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  2. Aaaai, estou doida para assistir Mogli... Pelas imagens que estou vendo parece que o filme está ABSOLUTAMENTE LINDO, pra não mencionar a magia toda que já roda em volta do fato de ser a versão LA de um clássico maravilhoso da Disney!
    Quero demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme está absurdamente lindo, Luly! Recomendo inclusive o 3D, que apesar de não ser muito fã, ficou muito legal nesse filme :D

      Excluir

Obrigada por comentar! Seu comentário é muito importante para nós.
Volte sempre :)

© Mero Detalhe - 2013. Todos os direitos reservados.
Design by: Colorize Desin .
Tecnologia do Blogger .